Ads Top

Crítica | Histórias Assustadoras Para Contar no Escuro

📷 Diamond Films / Divulgação 


Um grupo de jovens, uma mansão mal-assombrada, um livro maldito e lendas urbanas, são os ingredientes que compõem a trama de Historias Assustadoras Para Contar no Escuro, que estreia nesta quinta-feira, dia 08 de agosto, nos cinemas brasileiros. 

O enredo tem todo o material para mais um clichê do gênero e justamente por isso surpreende, contando com a produção de Guillermo del Toro o longa-metragem tem tudo para agradar os amantes de filmes de terror e suspense e mais ainda os fãs do livro que o inspirou.

A história é baseada no livro de mesmo nome com histórias de horror recontadas por Alvin Schwartz, publicado pela primeira vez em outubro de 1981. A obra fez tanto sucesso no exterior quanto seu concorrente Goosebumps de R. L. Stine, que também ganhou adaptações cinematográficas que não teve um retorno tão positivo de público e crítica.

Na produção, um grupo de amigos decide entrar numa mansão com fama de assombrada. Na noite de Halloween e após encontrar um livro amaldiçoado, passam a vivenciar situações sobrenaturais.

O jovem elenco composto de artistas pouco conhecidos não faz feio na atuação do desafortunado grupo. Embora não sejam aprofundados, os personagens ganham o carisma do público, apesar do clima de aventura, o filme faz bom uso do suspense e a trilha sonora acompanha com maestria. Diferente de outras obras atuais do gênero, os jump scares foram postos de lado e faz bom uso do silêncio em suas cenas de tensão, não há rios de sangue nem abuso do gore, mas a obra é repleta de momentos agoniantes.

A fotografia é outro ponto positivo, aliada a um trabalho de cenografia fabuloso que emerge o espectador na projeção.

Apesar de ter um bom desenvolvimento, o filme tem um clímax um tanto morno comparado a outras passagens da trama que, além disso, passa a impressão de que foi corrida.

Histórias Assustadoras Para Contar no Escuro vai agradar não só os fãs da obra literária quanto também os espectadores nostálgicos que com certeza vão comparar com séries noventistas como Clube do Terror, o clichê sem abusos vai agradar a quem for no cinema sem expectativas e mais ainda quem se decepcionou com Goosebumps.

Assista ao trailer: 

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.